.

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

O jornal VAIA, de Porto Alegre

"todas as vaias são boas, inclusive as más."
Nelson Rodrigues



Para um artista o reconhecimento do seu trabalho é sempre problemático, mas é ainda mais duvidoso quando ele trabalha num meio hostil e refractário à criação cultural, na periferia de uma cidadezinha perdida nos arredores de um país dos arrabaldes do mundo civilizado.
.
Mas agora, felizmente, existe a web.
Desde o seu início (inexplicavelmente ou talvez não) metade da audiência deste blogue é oriunda do Brasil. Apesar de não ter aderido ao acordo ortográfico, os meus leitores brasileiros decerto me entendem e o tráfego transatlântico deste sítio não se tem ressentido disso. Eles sabem, e naturalmente compreendem, que burro velho não aprende línguas novas.
.
Há tempos recebi um simpático e-mail de um editor de um jornal literário de Porto Alegre. Fernando Ramos manifestava o seu apreço pelas minhas caricaturas e solicitava a minha colaboração no seu Jornal. Enviou-me até, amavelmente, um exemplar da 29ª edição impressa do seu jornal (tem também um site e todas as edições on line). Em correspondência que trocámos posteriormente, ele especificou-me o pedido. Eu disse-lhe que se servisse. E ele assim fez.
.
Aí está agora a trigésima edição do Jornal VAIA com dois desenhos meus, a ilustrarem uma entrevista do poeta Ferreira Gullar e uma “matéria” sobre o mais recente livro de Arnaldo Antunes.
.
Não sei o que vocês acham, mas eu estou comovido até às lágrimas, por ver desenhos meus impressos no outro lado do mar e do mundo por pessoas que não me conhecem e que não conheço nem nunca tinha ouvido falar mas que, graças à internet, conhecem e apreciam o meu trabalho. Estou emocionado, caralho.
.
.

3 comentários:

Elizabeth disse...

E veja que eu, brasileira, aqui de São Paulo, não conhecia o Viva Vaia, e vim conhecê-lo pelo seu blog.
Estão muito belas suas ilustrações, nós é que temos de agradecer. E tambem pelas Bachianas
Um abraço

António Agostinho disse...

Parabéns e um grande abraço

karipande disse...

Parabens meu caro, e um dia destes tenho que te pedir autorização para colocar no Novo Jornal
Fernando Pereira