.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Vital Moreira

Sempre gostei de desenhos rápidos. Como os esboços dos arquitectos ou os bosquejos dos paisagistas, deixam sempre uma impressão de sinceridade que é diluída nos desenhos mais elaborados ou reflectidos.
Este é um apontamento rápido para um retrato caricatural de Vital Moreira. Trata-se de uma espécie de “parecer” impressionista sobre o eminente jurisconsulto coimbrão; alguém que desde há trinta anos tem defendido tudo e o seu contrário com o mesmo "saber", “rigor científico” e “brilho académico” que fazem dele, hoje, a eminência parda mais ou menos notória do Socratismo. Se alguém duvida, ele próprio o sublinha, como aqui e aqui (nem sempre muito elegantemente), o que faz dele uma espécie de génio caolho do regime.
O Príncipe dos engenheiros achou por fim um Maquiavel à sua altura.
.

2 comentários:

a saber disse...

bem conseguido. é também o meu teu sentimento. parfais.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.