.

quarta-feira, 11 de julho de 2007

máscara grande, 1992

.
(acrílico s/cartão)
.
Da mesma época da grande máscara de boca redonda. O mesmo rigor geométrico. Contudo esta máscara grande surge algo desequilibrada. A almejada harmonia soçobra peranta uma, também deliberada, ausência de simetria. Instala-se uma vertigem de inquietação. O momento Zen da primeira torna-se, aqui, perturbador.
.
.

1 comentário:

António Sabão disse...

Saiu-me melhor que a encomenda caro Fernando! Acho que descobri algo de excepcional nestes devaneios pela net.
Gostava de conhecer os seus cartoons!