.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Nikola Tesla


.
Agora que o país caminha, cantando e rindo, em direcção ao século dezanove, a EDP, sempre na vanguarda, leva a candeia, apagada, claro. Hoje, no lugar que habito, houve de novo, um apagão. São cada vez mais frequentes, como no antigamente tão ansiosamente desejado pelas nossas elites. O de hoje foi de cerca de uma hora. Logo de manhã, pla fresca.
.  
Estou, de novo, sem computador - fonte de alimentação - vítima, outra vez, do serviçinho miserável prestado pelo operador. Nos próximos tempos, a actualização deste blogue deverá por isso tornar-se mais esparsa. As minhas desculpas aos visitantes habituais.
.
O boneco de hoje é uma homenagem a Nikola Tesla, um dos maiores inventores e homens de ciência do século vinte. Era uma espécie de anti-Edison – ao contrário deste, toda a vida sonhou com a criação de energia barata, acessível a todos – quando morreu, pobre, o FBI confiscou-lhe os papéis, que ainda hoje são segredo de estado.

Quanto à energia, essa, está cada vez mais cara e inacessível. E no caso de Portugal, tem dono: os chinocas, que como toda a gente sabe foram os gajos que descobriram a pólvora.

.

2 comentários:

Rogério Pereira disse...

Venho sempre aonde se aprende...

"Tesla caiu eventualmente no ostracismo e era visto como um cientista louco" (da Wikipédia)

Cismo,
como se pode cair
eventualmente
no ostracismo...

Luís Neves disse...

Companheiro, esta é uma visita rápida, serve apenas para
apresentar e divulgar “o blog
2013 – Centenário de Álvaro Cunhal "
Esperamos visitas de retribuição e colaboração.
Os autores