.

terça-feira, 3 de abril de 2007

A Figueira, as pérolas e os porcos


A Magenta, Associação dos Artistas pela Arte, tem um novo espaço para exposições na Esplanada Silva Guimarães. Os figueirenses têm à disposição, em local acessível, a melhor sala de exposições de Arte desde o encerramento da galeria do Casino.
Esta galeria, aberta ao público desde Novembro do ano passado, numa má época para a cultura (mas não só, helas) espera por uma visita dos Figueirenses ditos amigos da Cultura. Os mesmos que, por vezes, bastantes vezes, (eu diria mesmo quase sempre) se comprazem em carpir a falta de oferta cultural da cidade, ignorando-a, ao mesmo tempo que se apressam a ir de propósito a Lisboa, “bater” um absurdo e ridículo recorde de visitas a uma exposição de Amadeo, que de certeza, muitos nunca tinham ouvido falar… (mas é fino… é na Gulbenkian!...)
Desde o início de Março e até sexta-feira, dia 6 de Abril, os figueirenses amantes da arte (sem jactâncias ou penachos) têm pois o privilégio, digo bem, de observar pinturas tão subtis e delicadas como as de Guida Vidal, tão atrevidas e sarcásticas como as de Carolina Pkin, tão decorativas e de bom gosto como as de Alice Piloto ou tão carregadas de imaginação torrencial e de humor de matriz atávica e popular, como os barros negros de Sérgio Amaral.
Porque estes quatro artistas talentosos, de quem me orgulho de ser consócio, na Magenta, não merecem, seguramente, a indiferença com que a soi-disant elite cultural da cidade tem brindado toda e qualquer iniciativa cultural que não tenha o beneplácito dos media mais analfabetos e rotineiros e da moda ou do glamour mais desmiolados.
.
.

2 comentários:

cfreitas disse...

Pois é...Pois é! Por essas, e por uotras, é que muito gostaria eu de ter porcos para vender e assim conseguir comprar as pérolas :-) Um abraço

Agostinho disse...

Apesar das dificuldades pontuais, lá vamos blogando...
Bom trabalho Fernando.
Um abraço