.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

CARTÃO DE NATAL



Pois que reinaugurando essa criança
pensam os homens
reinaugurar a sua vida
e começar novo caderno,
fresco como o pão do dia;
pois que nestes dias a aventura
parece em ponto de voo, e parece
que vão enfim poder
explodir suas sementes:
que desta vez não perca este caderno
sua atração núbil para o dente;
que o entusiasmo conserve vivas
suas molas,
e possa enfim o ferro
comer a ferrugem
o sim comer o não.


João Cabral de Melo Neto

.


Feliz Natal, ou lá o que é, a todos os ápifiú que ainda frequentam este pobre sítio ultimamente tão abandonado (espero que não se aborreçam demasiado, até porque podem sempre servir-se da prateleira, ou consultar o arquivo, pois quase nada do que lá está para a eternidade não a desmerece – que é como quem diz, citando o Lobo Antunes citando o grande Bocage: “isto é meu, isto não morre”).
E Boas Festas também, claro. E um Ano novo melhor ainda. Cheio do mais profundo escárnio pela estupidez em todas as suas formas.
No que me diz respeito prometo que vou tentar fazer como sempre fiz: rir-me de tudo (sobretudo dos lobos antunes). Ou, pelo menos, arreganhar-lhe os dentes.
. 

3 comentários:

cid simoes disse...

"Um Ano novo melhor ainda?" Para quem?
Piada à parte; eu passo por cá todas as manhãs,
hoje deixou-lhe um obrigado pelas "boas festas" desejando que nos continue a premiar com os seus desenhos.

Nelson Santos Fernandes disse...

Um bom natal e bom ano para ti Fernando.

Judite Castro disse...

Se puder, feliz, acima de tudo.

Apesar da menos frequente visita é um sítios de referência.
E muito recomendado e recomendável.

Nota: Avariou-se o meu computador e, para já, ando à boleia.