.

segunda-feira, 11 de julho de 2016

os rodriguinhos (5)


1 comentário:

Rogerio G. V. Pereira disse...

A jogar mal e porcamente
contra quem joga pior e porcamente
torna-nos uma equipa convincente

e depois há o Goulão
que vem com outra versão

«Os dirigentes portugueses não podem ignorar que na sua rectaguarda continua a existir um potencial de orgulho e mobilização com que podem contar para enfrentar estratégias injustas e ilegítimas que fazem sofrer o povo.»