.

sábado, 8 de março de 2014

o "inviado" da érretêpê à Ucrânia

.
Ainda há jornalismo decente - dedicado, objectivo, honesto - daquele que reporta factos sem usar adjectivos nem tirar conclusões.
E depois há o jornalismo de merda - assim mesmo, sem aspas - como o de José Rodrigues dos Santos, o enviado especial da érretêpê à Ucrânia.

Não tem nada a ver. 
.

1 comentário:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Acho que tenho tema para amanhã, nas "conversas na esplanada"...

Entre este "sítio" e o "Politeia", vale a pena prolongar o tema