.

quinta-feira, 11 de março de 2010

Sinais de fogo


.
Que mais chamar a um programa televisivo que dedica a sua primeira parte à exibição do seu autor a lançar sentenças sobre tudo e mais alguma coisa, numa banal conversa de café promovida ao prime-time? Que nome dar a uma entrevista em que a mesma personagem se entretém a ignorar olimpicamente as respostas do interlocutor, interrompendo-o de 5 em 5 segundos, preferindo antes dar curso a um monólogo que ensaiou em casa, borrifando-se de alto em todas as respostas que fujam aos estereótipos que já tem instalados na cabeça?
-“Tele-sanita”, claro.
.
.

3 comentários:

Rei da Lã disse...

Uma sanita sempre tem utilidade.
Já o caçador...

CS disse...

Para estes "sinais de fogo" um bom extintor!

daniel.abrunheiro@gmail.com disse...

Justiça, este texto é todo justiça.