.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

spleen


.
Nasci faz hoje quarenta e seis anos numa terra da qual estou afastado há trinta.
Desde então, não se passou um único dia que nela não tenha pensado.
Por vezes tento vê-la, do céu.
Procurei debalde algo que não fosse um postal, para ilustrar este postal.
O melhor que achei foi esta imagem, não da terra mas do céu.
O céu da minha terra.
Perdoem-me o sentimental mood.
.

1 comentário:

António Agostinho disse...

Parabéns pá...
Um abraço...